sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

meu fado...trovas



não sei quando nem onde
este amor mexeu comigo
desde então ele se esconde
fez de meu coração abrigo

escondeu-se e ali ficou...
olhos fechados como cego
diz q' de mim se enamorou
nunca mais me deu sossego

falo com ele ao deitar
em sonhos ele é perfeito
por ele vivo a penar
embalo-o dentro do peito

às ocultas  o trazia...
tão em m' peito escondido
que ele partisse eu temia
pra sempre andasse sumido

juntinhos peito com peito
ai amor boca... com boca
amor assim tão perfeito?!
eu juro que me põe louca!

tu que dormes a meu lado
e és toda a minha ventura
chorar por ti é meu fado
feito  fado de amargura

natalia nuno
rosafogo





2 comentários:

Gracita disse...

Um amor apaixonante em teus belos versos Natália. Lindo!!!!
Beijos e carinhos

Natalia Nuno disse...

Oi Gracita bom ter-te como leitora é um privilégio amiga.

Beijinho grande e Bom Ano para ti.