terça-feira, 12 de julho de 2011

TEUS OLHOS




Quando me olhas eu sinto
Que me olhas com enlevo!
Ou será que pra mim minto
Este amor quando escrevo?


Se tua emoção fôr sentida
Esquece a dor, e  o pranto!
Olha-me como tua querida
C' teus olhos que amo tanto.


Olhos que saudade me dão
Castanhos doce realidade
Nos meus sempre verão!
Morro por eles de saudade.


Teus olhos são tiranias
Têm espinhos como rosas
Se os olho, páram meus dias
Nas saudades tão dolorosas.


Não é dor, nem é cansaço
Este cuidar de quem amo
Dentro do peito disfarço
Que o que sinto, é por engano.


Trago o rosto sem encanto
O tempo se escapa e gasta
No meu olhar só o pranto
Se a vida de ti me afasta.


Meus lábios querem os teus
Perdidos só de lembrar
Teus olhos fitam os meus
Vêm meus sonhos acordar.


rosafogo
natalia nuno

1 comentário:

manuel marques disse...

http://youtu.be/sFhJskkG4AU

Beijo.