sexta-feira, 23 de março de 2012

Á POESIA VI



Triste, triste foi hoje o dia!
Igual a outro que passou
Vim falar-te de Poesia...
Logo a tristeza se ausentou.


*

Falar de Poesia faz bem
Equilibra as emoções
Afugenta as mágoas também
E alegra os corações.


*
Ouvi o vento a soprar
Os sonhos me foi levando
Mas não parei de sonhar
A tristeza vou superando.
*
Choro mais um dia findo
A alegria me levou...
Minha alma está partindo
E meu corpo já cansou.

*
Meus dias já foram de glória
Já nada os traz de volta!
São parte da minha história
Que conto em palavra solta.

*
Levo os dias com receio
O medo em mim se abriga!
È à esperança que me enleio
Faço dela minha amiga.

*
Já nasceram roxos lírios
Com a folha bem verdinha
Dentro de mim em delírios
Anda a saudade que é minha.

*
Quando em meu peito senti
Um bater sem piedade...
Por amor...que então vivi
Para alívio da saudade.

*
Como nuvem vou passando
Ora baixo ora mais alto
Vou-me rindo vou chorando
Levo a vida em sobressalto.

*
Crescem bravas as saudades
São como a erva daninha
Trazem-me certas verdades
Da vida que já definha.

*
Bate o vento à minha porta
Não tenho tempo a perder
A chuva cai... o frio corta!
Coração...nada vale teu bater.

rosafogo
natalia nuno



4 comentários:

manuel marques disse...

Adorei.

Beijo e bom fim de semana.

Amara Mourige disse...

Lindo demais amiga!!
Uma bela semana!
Bjs
Amara

Natalia Nuno disse...

Muito obrigada Manuel, tudo bom para ti.

Beijos

Natalia Nuno disse...

Feliz com tua presença amiga, beijinho Amara, obrigada.