quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Canção de ventura...



é tempo companheiro
de deitar a saudade fora
tempo de acariciar o cheiro
deste momento desta hora

tempo de rasgarmos trilhos
deixar o amor transbordando
desatar os nós dos atilhos
com que a vida nos foi atando

canto o sol que nos queimou
cantemos à lua um canto novo
se a vida não nos acariciou?!...
viva a vida! viva o povo...

somos povo e caminhamos
neste mundo em convulsão
na terra que tanto amamos
Vamos dar as mãos...irmão!

natalia nuno
rosafogo

2 comentários:

Gracita disse...

Nada pode ser melhor do deitar a saudade fora e deixar o coração aberto à novas emoções.
Muitas bênçãos e amor na sua trajetória! Que os seus caminhos estejam atapetados com lindas pétalas de flores
Um dia maravilhoso para você
Beijos

Natalia Canais Nuno disse...

Obrigada amiga, tudo bom para ti também, fico sem palavras para te dizer da minha alegria quando por aqui te encontro...bem hajas

beijinhos