quarta-feira, 5 de agosto de 2015

desabafos...



trago minha face cansada
de tanta lágrima grossa
trago no coração apertada
esta saudade tão nossa...

anda o silêncio batendo
na minha alma tão só...
e a vida que vai descendo
sem desatar este nó...

e como não sei de tudo
ou tão pouco sei de nada
trago o olhar quase mudo
e a minha alma cansada...

cruzo as mãos no regaço
trago saudade...saudade
saudade quando te abraço
trago sede de felicidade...


natalia nuno
rosafogo

2 comentários:

Gracita disse...

Nossaaaa, que poema lindooooooo!!!!
Fiquei embevecida ao ler seus versos tristes mas soberbos, carregados de intenso sentimento
Beijos e carinhos amiga Natália
Gracita

Natalia Canais Nuno disse...

Dás-me muita força amiga, eu te agradeço...
um beijinho com muito carinho