quarta-feira, 30 de março de 2011

EMOÇÕES



Minha mãe me deu o ser
Marcada vinha à nascença
Trazia a coragem e o querer
Destino de poeta fazia a diferença.



Corri p'los campos borboleta livre
Dia a dia sem nenhuma inquietação
Serena como raio de luar que feliz vive
Indiferente à morte e à aflição.



Ao longe a minha serra querida
Cá em baixo o rio espelho do céu
Paisagem completa, cheia de vida
Eu borboleta ramo em ramo, corpo ao léu.



Brilhavam os olhos estrelas refulgentes
Na imaginação um Mundo todo amor
Ao reavivar memórias recordo as gentes
Agora se esgota o tempo, recordar é dor.



Nos sonhos percorria o Mundo inteiro
Numa folha de papel em velocidade
Ao Polo Norte chegava sempre primeiro
Viagens que ainda recordo com saudade.



Apaixonada eram tantas as emoções
Sonhava enquanto colhia frutos e flores
E agora nas minhas meditações
Na lembrança a vivencia destes amores.



Nas memórias os amigos de infância
Em meus versos com atenção os envolvia
Verdes anos agora já à distância
Sempre cantados em minha doce poesia.



Uma lágrima molha a folha de saudade
Que me acode do coração ao olhar
Esta folha que trouxe da Mocidade
Primaveras que o tempo soube roubar.


natalia nuno
rosafogo
quadras de 2009



imagem retirada -blog imagens para decoupage.

6 comentários:

Runa disse...

Teu blog está com um look diferente e mais luminoso, mas teus versos continuam a cantar as memórias de um tempo que se perdeu, nas distantes manhãs que só aqui podem reviver.

Grande beijo

Runa

manuel marques disse...

Quanta emoção...

Beijo.

Natalia Nuno disse...

Olá Runa, obrigado pelas palavras que sempre me deixam feliz.Próximamente vai sair o meul livro sabes? Depois te envio o convite.Beijinho.

Natalia Nuno disse...

Pois é Manuel como eu ostava de te ter também nesse próximo 7 de Maio, mas sei que estás longe.
Obrigada por vires ler minha poesia.

Beijinho

leonor costa disse...

Fiquei feliz por ter notícias tuas. Os meus parabéns! Eu também comecei a escrever poesia na minha adolescência mas parei durante anos. Recomecei mas agora não tenho tido disposição nem inspiração para continuar:
www.hojeeamanh.blogspot.com-HOJE E AMANHÃ. Beijinhos e até breve.
Leonor Costa

Natalia Nuno disse...

Minha querida amiga, sabes que devo conhecer-te com outro nome será? Terás que me dizer, ralvez do meu blog «rosafogo» que passou depois ao «orquideanegra». Desculpa mas não sei bem, aguardo que me esclareças.Porém fiquei feliz por saber que ganhei de novo tua amizade.

Se vives em Lisboa e quiseres ir à apresentação do meu livro dia 7 de Maio às 19 horas no auditório do Campo grande nº56, teria muito gosto.
Beijinhos amiga.