sexta-feira, 17 de junho de 2011

ANIVERSÁRIO






Falo baixo e em segredo
Pode a pequenina acordar
Nasceu há pouco ainda é cedo
Germina a esperança devagar.


...A vida rompe devagarinho
Cai a noite rompe o dia
Venho cantar-lhe baixinho
Estes versos com alegria.

Que este dia seja perfeito
Nasçam risos e gargalhadas
Que tudo seja a teu jeito
Como o orvalho nas madrugadas.

Erguemos a taça de vinho
E acendemos as velas
Os parabéns com carinho
E foguetes p'las janelas.

Quando mais forças não houver
As palmas ainda batemos
Parabéns a ti MULHER!!!
Poeta que bem sabemos!

À minha
mana ANTONIETA, muitas Felicidades e um beijo carinhoso, contes muitos com muita saúde paz e amor.
Ver mais




1 comentário:

manuel marques disse...

Bonita homenagem.

Abraço.