domingo, 10 de abril de 2011

QUADRAS AO VENTO



A Poesia alimenta a alma
O Amor....o coração!
Quando um está doente?
O outro cai de aflição!


Tudo se perde na corrida
Que importa destio alheio?
No furacão que é esta Vida
A esperança fica de permeio.


Lamenta-se a Vida inteira
Que viver é um tormento
Mas não há quem não queira
Padecer este sofrimento.


O desespero é sopro frio
Deixa a Vida sem sentido
Forja em nós um vazio
Fica o coração sofrido.


Vive-se nesta guerra acesa
Á espera dum pouco de sorte
Na corda bamba da incerteza
Na esperança de sacudir a Morte.


natalia nuno
rosafogo
quadras de 2001
imagem ret. blog imagens para decoupage

2 comentários:

Emoções disse...

O que são os poetas?
Quem poderá me responder?
Dizem que eles vieram do céu
Numa cauda de cometa
Esses seres que outrora foram estrelas
E aqui na Terra são vistos como loucos,
Banais como tantos outros
Mas o que ninguém sabe
E que ninguém nunca irá saber
É que os poetas são seres transcendentes
De uma capacidade inigualável
De se colocar no lugar de qualquer ser

Natalia Nuno disse...

Grata amiga pelo carinho.

Beijinho