terça-feira, 30 de outubro de 2012

trovas...dois dedos de conversa




é bom usar-se o coração
mas deve ser-se previdente
nunca esquecer-se a razão
e tê-la sempre em mente

o futuro é noite escura
e sempre traz ameaça...
nasce outro dia com ternura
e logo o medo nos passa...

não choro sobre o passado
nem adivinho o futuro...
trago o presente calado
e o pensamento inseguro

vida estranha é esta vida!
tem o poder da razão...
às vezes me traz envolvida
e manda em meu coração.

dantes me adoçava a beleza
nos olhos me punha lume
hoje neles trago a tristeza
no peito o mesmo perfume.

rio da angustia da morte...
quero à vida de verdade!
o tempo me traz sem norte
no rosto me põe saudade.

natalia nuno
rosafogo
imagem da net










2 comentários:

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Como sempre escreves a alma em cada poema e eu adoro ler-te.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Natalia Nuno disse...

Obrigada Rosinha, fico feliz com tua visita, bem hajas...

beijinho