sábado, 26 de janeiro de 2013

trovas...as asas do sonho



choro uma lágrima hoje
no rosto a seca o vento...
sinto que a vida me foge
a vida trago ao relento.

já a memória anda lenta
é agora o coração de cetim
no olhar trago água benta
com o o(dor) do jasmim.

trago saudade d' hoje perto
no relógio ponteiros sem dó
passa cada momento é certo
aperta-se o coração num nó.

trago a esperança rasgada
nada mais já faz sentido
tanto amei e fui amada...
tudo no tempo perdido!

dou voltas à cabeça...
há pássaros a esvoaçar,
não há lonjura que impeça
as asas deste meu sonhar...

rosafogo
natalia nuno
imag-net





3 comentários:

manuel marques Arroz disse...

Nada é real, a não ser o sonho e o amor...

manuel marques Arroz disse...

Beijinhos

Natalia Nuno disse...

obrigada Manuel, pela visita e apreço.

beijinho