segunda-feira, 30 de maio de 2011

AMORES-PERFEITOS




O sol hoje morreu cedo
Já chega a sombra da noite
Quem sabe traz o segredo
Talvez meu amor se afoite.

O silêncio na noite é lei
A tristeza tão mais penosa
As minhas juras quebrei
Ficou a saudade...Saudosa!

Já nem lembro minha idade
Talvez lembre ao amanhecer
A culpa é só da saudade
Deixa-me entre dúvida e saber.

Percorro becos do pensamento
Neles escondi meus amores
A vida tornou-se um lamento
Onde me perdi em dissabores.

Onde algures brota a nostalgia
Trago meus sonhos desfeitos
Sentem a saudade que eu sentia
Dos amores que pareciam perfeitos.

rosafogo
natalia nuno
imagem -blog para decoupage

2 comentários:

victoria eugenia disse...

Un hermoso y bello poema!! mis felicitaciones.
SALUDOS.

Natalia Nuno disse...

obrigada querida amiga

beijinhos