domingo, 11 de novembro de 2012

quadras...minha fé





pensamento não descansa
trago o coração a arder
de granito é a esperança
de rocha é meu querer...

os sonhos são mistérios
que perpassam noite e dia
vagam por aí mistérios...
fingindo-se ser de alegria

no meu rosto de mulher
quantas sombras quantos ais...
quanta vontade de correr
com o tempo que corre demais

ao tempo que faz ameaça
a mágoa não vou esconder!
passa o tempo, só não passa
a vontade de o esquecer...

quem pudera por instante
ser um forte vendaval...
não há palavra bastante
pra findar este meu mal

julgava eu possuir...
tempo que me chegasse
achei-me a descobrir...
que nem se ele parasse

eu sei que Deus existe!
soube-o a vida inteira...
minha face que era triste
alegra-se de fé verdadeira.

natalia nuno
rosafogo






1 comentário:

Valéria Cruz disse...

Prezado amigo blogueiro,
Por motivos pessoais, resolvi fechar o blog e dar acesso apenas para convidados. Quem ainda tiver interesse de acessar meu conteúdo, por favor, me envie mensagem no email valeriacruz.lela@gmail com o e-mail que quer ter acesso.
Obrigada pela compreensão e agradeço se vierem, será muito bom continuar a te-los ao meu redor.
Bjão.
V